Movimente seu Corpo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dentro de tantas decisões que tomo para deixar minha vida mais prática e aproveitar melhor meu tempo, buscar fazer coisas perto de onde moro é primordial.

Nem sempre foi assim, mas atualmente tenho a facilidade de trabalhar a 10 minutos de casa e ter boas opções de serviços por perto, o que impacta diretamente na minha qualidade de vida.

Além do tempo que economizo ainda tenho a possibilidade de fazer muitas coisas a pé, movimentar o corpo e descansar a mente.  Resultado: mais criatividade, disposição, humor e saúde.

Retornando hoje da academia, vim pensando justamente em tudo isso e principalmente na importância do movimento.  Mais do que a sensação de dever cumprido, observei uma forte conexão com meu corpo, quase como se ele estivesse me agradecendo pelo movimento realizado. Neste curto espaço de tempo pude sentir e pensar muitas coisas.

Tudo no mundo está em movimento constante. Isso é o natural.  Compreender o ritmo saudável para nós e harmonizá-lo com o ritmo que o mundo pede pode ser a chave para uma vida plena.

Nos meus grupos, eu gosto sempre de lembrar as pessoas que as mudanças que queremos para nossa vida podem acontecer de dentro para fora, mas também de fora para dentro.  Podemos obter muita consciência de quem somos através das atividades físicas, gerando ao mesmo tempo uma estrutura física fortalecida que nos dê condições para realizar tudo que queremos.

Algumas pesquisas comprovam isso e vão além, informando que, quando mantemos uma postura considerada “de poder” por pelo menos 2 minutos, ocorre uma alteração química em nosso organismo que interfere diretamente no nosso modo de sentir e agir, aumentando a autoconfiança.

Se você tem alguma dúvida do que seria uma “postura de poder”, basta assistir o filme: O Diabo veste Prada, onde a atriz  Meryl Streep demonstra com maestria várias posturas interpretando Miranda Priestly,  poderosa editora chefe de uma revista famosa. Obviamente podemos deixar de lado a arrogância característica da personagem, aproveitando apenas o poder que as posturas transmitem.

Um corpo que tenha uma boa sustentação da musculatura naturalmente apresentará tais posturas, interferindo positivamente inclusive na autoestima.

Quando associamos o corpo saudável ao trabalho terapêutico, temos o melhor dos mundos, damos um salto rumo às nossas realizações.

Então, não importa qual seja o movimento, o importante é encontrar algo apropriado para seu corpo, seu estilo de vida, sua personalidade, enfim, encontrar algo que te proporcione alegria e saúde.

 

Texto de Patricia Peres Monteiro –  Especialista em Inteligência Emocional, Coach, Terapeuta, Facilitadora e Fundadora da Transcende

Photo by Mwangi Gatheca